A arte de influenciar

Sábado foi muito bom, gostámos muito de estar todos juntos, de ouvir o Francisco Chaves ( ficámos todos fãs!) e comer castanhinhas também foi uma delícia! Sem contar com o bolo de chocolate da Loide! Ou seja, quem não esteve presente no InPacto live deste mês não sabe o que perdeu...

Aprendemos que ser sal da terra e luz do mundo é simplesmente uma inevitabilidade da nossa vida e que somos uma ferramenta nas mãos de Deus para fazer o que quer que Ele nos peça para fazer, negando-nos a nós próprios e comprometendo-nos com uma causa maior.
Na visão de Deus, as nossas vidas estão entrelaçadas com as vidas dos outros à nossa volta, até mesmo daquelas de quem menos esperamos...
Fazer obra social implica dar a vida sem morrer, implica ser uma influência a seguir e não a evitar!

 
Estás preparado(a) para mudar o teu mundo e assim mudar o mundo?

2 comentários:

Maria João disse...

"Ser sal da terra e luz do mundo é simplesmente uma inevitabilidade da nossa vida". Strong! :)

Alexandra disse...

Inevitável, Maria!